apoio

Oncologia génito-urinária: a seleção e análise de estudos da ASCO 2020 feita pelo Dr. Pedro Barata

Oncologia génito-urinária: a seleção e análise de estudos da ASCO 2020 feita pelo Dr. Pedro Barata

A pedido da News Farma, o Dr. Pedro Barata selecionou alguns dos estudos apresentados na ASCO Virtual que considerou mais relevantes na área génito-urinária, e fez o seu comentário editorial, tendo como suporte os slides disponibilizados pela ASCO. As novidades a nível do cancro da próstata e dos cancros da bexiga e renal foram o foco principal do Dr. Pedro Barata, assistant professor of medicine na Tulane University, em Nova Orleães Luisiana. Assista aos vídeos.

O Dr. Pedro Barata, no seu comentário editorial, destacou três estudos a nível do cancro da próstata e três estudos a nível dos cancros do urotélio e das células renais.


Estudos no cancro da próstata
O 1.º ensaio apresentado pelo Dr. Pedro Barata mostrou que “quase o dobro dos doentes [previamente tratados com docetaxel e com metastização resistente à castração] alocados ao braço 177Lu-PSMA obteve um PSA 50, comparativamente com os doentes tratados com cabazitaxel […] e vemos que há um grande grupo de doentes que obteve PSA indetetável com este tratamento”. Adicionalmente, “pessoas que recebem 177Lu-PSMA têm uma qualidade de vida fantástica, uma segurança muito alta e uma toxicidade muito baixa, o que é um ponto fantástico”, enfatizou.


O 2.º ensaio clínico – CONDOR – revelou que os PET-scan, com recurso à PSMA18F, são mais sensíveis a detetar doença metastática mais cedo do que os exames convencionais (exemplo: TAC e cintigrafia óssea). “Estes resultados excedem as melhores previsões e, pelo menos, aqui nos EUA é uma questão de tempo até começarmos a ter PET-scans aprovados neste setting [estadiamento de doentes com cancro da próstata recorrente]”, partilhou.


O 3.º e último ensaio destacado foi o ensaio clínico HERO que mostrou eficácia superior de um antagonista LHRH oral – relugolix – em comparação com leuprolide (fármaco de injecção cutânea). O estudo também demonstrou que com relugolix, “no início não há flare […] e assim que interrompemos o tratamento, a recuperação da testosterona é muitíssimo mais rápida comparativamente ao análogo LHRH”, sublinhou o oncologista, chamando a atenção quanto à segurança: “o número de eventos cardiovasculares é inferior para doentes tratados com antagonista LHRH”.

 

Estudos nos cancros do urotélio e das células renais
A relevância do estudo JAVELIN Bladder 100, apresentado na sessão plenária, na opinião do Dr. Pedro Barata foi mostrar que oferecer imunoterapia com anti-PD-L1, avelumab, em manutenção, após quimioterapia de 1.ª linha melhora a sobrevida global em doentes com cancro do urotélio metastizado, relativamente a quimioterapia seguida de observação. “Há uma diferença absoluta de sobrevivência global de meio ano, é muito significativo, e o benefício foi observado de acordo com todos os subgrupos”, partilhou, advertindo, porém, que ainda há questões para responder como: “será que é preciso fazer avelumab até progressão ou é possível fazer uma estratégia intermitente?”.


Quanto ao ensaio IMvigor010 (que avaliou o benefício do anti-PD-L1 atezolizumab como terapêutica adjuvante para doentes com cancro da bexiga, do ureter e pélvis renal com invasão muscular) foi um ensaio negativo. “Estes resultados negativos são muito importantes e dão-nos alguma pausa relativamente ao entusiamo normal à volta dos inibidores de checkpoint”, afirmou.


Por último, o oncologista destacou o ensaio do Dr. Arkins (fase II) em doentes naïve com carcinoma das células renais. Este estudo avaliou o uso de terapia de resgate ipilimumab + nivolumab em doentes inicialmente tratados com nivolumab em monoterapia. “Quando se traz o IPI [ipilumab] em salvage, ele faz o salvage em menos de 15% dos doentes”, explicou o especialista, “o que não deixa de colocar em causa o conceito de sequenciação com ipilimumab em salvage”, concluiu.

terça-feira, 02 junho 2020 20:03
Expert Insight


31mai
14:30
Online
31mai
15:00
Online
31mai
20:30
Online
31mai
21:00
Online

Newsletter

Receba em primeira mão todas as notícias